auxílio-doença

Auxílio-doença: Conceito e Requisitos6 min read

O auxílio-doença é um dos principais benefícios oferecidos pela Previdência Social. Trata-se de um benefício por incapacidade que é pago ao segurado que comprovar estar incapaz de realizar suas atividades de trabalho, temporariamente.

Esse auxílio é extremamente solicitado todos os anos, pois inclui os segurados que sofrerem acidente ou ficarem doentes e por isso não podem comparecer ao ambiente de trabalho.

Quem solicita o auxílio, pode ficar recebendo uma boa quantia durante alguns dias, até que se recupere e esteja capacitado para voltar a trabalhar.

Não é um auxílio difícil de conseguir, basta atender a todas as exigências do órgão, agendar o atendimento, comparecer na perícia médica e aguardar o resultado.

A seguir, saiba tudo sobre o auxílio-doença.

IMPORTANTE

É importante que o leitor leia o artigo até o fim, para evitar que seu benefício seja negado injustamente.

Quem tem direito ao auxílio doença

Para ter direito ao auxílio-doença, é preciso ser um segurado do INSS, ou seja, estar em dia com todas suas contribuições. Mas além disso, o órgão também estabeleceu alguns outros requisitos.

Para poder solicitar o auxílio-doença, o segurado deve cumprir os seguintes requisitos:

  • A carência de 12 contribuições mensais (ou seja, deve estar contribuindo por 12 meses consecutivos, pelo menos).
  • A doença/acidente/incapacidade de trabalhar deve ser comprovada através da perícia médica.
  • E no caso de empregados de empresas, deve estar afastado do trabalho há 15 dias.

Auxílio-doença pode ser acumulado com outros benefícios?

Muitos segurados do INSS podem receber mais de um benefício ao mesmo tempo e, nesses casos, há sempre a dúvida de se eles se acumulam ou não.

No caso do auxílio-doença, ele pode ser pago junto de outros benefícios, mas nem sempre se acumula. Por exemplo, no caso de aposentadoria com auxílio-doença, não há acumulação de benefícios.

Também não há acumulação nos casos de:

  • salário maternidade com auxílio-doença
  • com outro auxílio-doença
  • com auxílio-acidente
  • com auxílio-alimentar.
  • com aposentadoria por invalidez
consultar auxílio doença
Siga os passos abaixo com atenção!

Passo a passo para solicitar auxílio doença

Para solicitar o auxílio-doença, é preciso ter em mãos documentos como: RG, CPF, Carteira de Trabalho, carnês de contribuição, documentos médicos referentes ao seu problema (relatórios, exames, atestados) e declaração carimbada e assinada pelo empregador com a data do último dia trabalhado, no caso de empregados de empresas.

Esses documentos devem ser apresentados no dia da perícia médica também.

O benefício pode ser solicitado diretamente no site da Previdência, basta acessar o site https://www2.dataprev.gov.br/sabiweb/agendamento/inicio.view#sabiweb .

Depois de digitar os caracteres da imagem, selecione o seu estado e município. Escolha também a agência próxima de você e a data em que deseja ser atendido.

benefício auxílio-doença
[
Basta selecionar seu município, estado, data e agência.

Preencha os seus dados pessoais como NIT, nome completo, data de nascimento, situação atual e avance.

O seu agendamento terá sido realizado e agora basta comparecer na agência no dia que você marcou, levando os documentos mencionados anteriormente para ser atendido.

Tempo de duração e valor do auxílio

O auxílio-doença dura de acordo com a doença. Geralmente o auxílio é pago por 30 dias e, caso o segurado ache que ainda não poderá voltar ao trabalho no fim desse período, deverá já solicitar a prorrogação do auxílio nos últimos 15 dias.

Caso o problema dure por muito tempo, o segurado pode cogitar a hipótese de se aposentar por invalidez.

Nesse caso, também deve realizar perícias médicas no INSS para receber o encaminhamento necessário e obter o benefício.

O INSS paga aos segurados que solicitam o auxílio doença cerca de um salário mínimo mensal.

Como saber se o auxílio foi concedido

Após realizar a perícia médica, onde serão realizados vários exames e testes com você, é possível ficar ciente do resultado da perícia no mesmo dia, após às 21 horas.

Isso porque a Previdência possui um sistema onde o resultado de todas as perícias realizadas no dia, são inseridas no sistema após às 21 horas.

Basta acessar o site https://www2.dataprev.gov.br/sabiweb/relatorio/imprimirCRER.view?acao=imprimir_CRER  e fornecer o número do requerimento, sua data de nascimento, seu nome e seu CPF.

Na página seguinte haverá o resultado e se mostrar “deferido”, significa que você começará a receber o auxílio.

Como prorrogar o auxílio-doença

Se você deseja prorrogar o auxílio-doença, também poderá fazê-lo pela internet. Basta acessar o site https://www2.dataprev.gov.br/sabiweb/pppr/inicio.view#sabiweb  e informar os mesmos dados citados anteriormente. Geralmente não é necessária uma nova perícia, somente na segunda prorrogação.

Caso a prorrogação não seja aceita pelo INSS, você pode marcar uma nova perícia para conseguir o auxílio-doença novamente.

Mais informações sobre o auxílio-doença

O auxílio-doença ajuda milhares de brasileiros todos os anos quando ficam doentes ou sofrem com algum acidente de trabalho.

Muitas vezes é preciso prorrogar o auxílio cerca de duas vezes até que o segurado esteja totalmente recuperado e capaz de retornar ao trabalho.

As regras para o auxílio-doença não costumam mudar, mas é importante sempre acompanhar as novidades.

O auxílio é mais uma prova de que contribuindo com o INSS você tem a garantia de que se algo lhe acontecer, você não ficará desamparado enquanto não pode ir trabalhar. Contribua mensalmente para garantir os seus direitos.

O cancelamento do auxílio-doença deve ser feito pelo segurado, diretamente na agência na qual realizou a perícia médica.

Destaca-se que este benefício não é pode ser confundido com o aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição.

duvidas INSS

Entre em contato com o INSS

Caso você ainda possua alguma dúvida em relação ao auxílio-doença ou a qualquer outro benefício que é pago pela Previdência Social, é possível entrar em contato por meio da Central de Atendimento do INSS, ligando para 135.

Ainda é possível, pelo site, conferir o endereço das unidades mais próximas de você, pois assim você pode ir até o local e tirar suas principais dúvidas pessoalmente.

Lembre-se sempre de guardar os seus carnês de contribuição, além de todos os anos, emitir o extrato de contribuição, pois essa é uma forma de conferir se todos os pagamentos estão sendo feitos corretamente.

Além disso, esses documentos podem ser usados quando você for solicitar a aposentadoria, para comprovar todos os anos de contribuição.

Solicite o auxílio-doença com responsabilidade, pois há centenas de pessoas que realmente precisam recebe-lo.

Assim que se sentir melhor, cancele o auxílio e o pagamento e volte ao trabalho. No site da Previdência Social é possível encontrar todos os detalhes sobre os benefícios oferecidos, assim como o passo a passo para solicitar cada um.

Caso tenha qualquer dúvida, você pode ligar 135 ou deixar um comentário que nossa equipe responderá o mais rápido possível.